Tel.: (85) 3013-8372

Cirurgias Plásticas em Fortaleza, Natal e São Luís Tel.: (85) 3013-8372

SIGA E FIQUE INFORMADO

  
  
  

Ginecomastia e musculação

230317

Os homens que malham normalmente buscam um corpo bonito e o desenvolvimento das glândulas mamarias não é considerado belo, mas a Ginecomastia e a musculação realmente tem relação um com outro? A resposta é não, apesar de ter sido criado esse estereótipo de que praticantes da musculação tem maior tendência de ter essa disfunção ou até mesmo lipomastia.

Na mulher existem dois hormônios que são os principais envolvidos no crescimento mamário, o estradiol e a progesterona, hormônios que são usados como esteroides. No homem isso não ocorre naturalmente devido a presença de hormônios masculinos, como a testosterona. Porém existem algumas enzimas que fazem esses hormônios masculinos se transformem em estrógenos.

A Ginecomastia é o aumento das glândulas mamarias em homens, fazendo que a região mais perto do mamilo seja aumentada, causando dor e um aspecto desagradável. No entanto a Ginecomastia só ocorre quando há um mau balanceamento na produção de substancias androgênica e estrogênica. Não há uma regra para isso acontecer, mas se há um aumento das substâncias androgênicas, elas podem se transformar em hormônios estrogênicos. Isso pode acontecer na puberdade ou com uso de alguma forma hormonal exógena.

Existem formas de diagnosticar esse problema, em crianças deve se observar qualquer tipo de alteração na região dos mamilos. Em indivíduos mais velhos, a areados mamilos apresentará uma certa rigidez, seguido de dor e o surgimento de um nódulo. Se esse sintomas aparecerem é necessário consultar um médico endocrinologista para diagnóstico correto. Existe também tratamento, que pode ser através da manutenção de medicamento ou até mesmo por meio de uma cirurgia.

Fonte: PORTAL EDUCAÇÃO

 

er1

 

selo

 

localização

canal4

fanpage

 

medico-consulta-com-br