Tel.: (85) 3013-8372

Cirurgias Plásticas em Fortaleza, Natal e São Luís Tel.: (85) 3013-8372

SIGA E FIQUE INFORMADO

  
  
  

Peeling Químico Profundo

Marque sua consulta com o Dr. Davi Pontes sobre o Peeling Químico Profundo.

Realizamos o procedimento em Fortaleza, Natal e São Luís.

Dúvidas sobre parcelamentos e preços (85) 4102.4444

Peeling profundo – Introdução

Os peelings químicos são um dos procedimentos cosméticos não invasivos mais populares realizados para rejuvenescer a aparência da pele. Com o tempo, fatores como danos causados pelo sol, hereditariedade, dieta, e movimentos repetitivos dos músculos contribuem para a formação de linhas e rugas na face. Além disso, o desenvolvimento de irregularidades de pigmentação ou cicatrizes de acnes podem fazer com que a pele perca sua suavidade e aparência jovem. Muitas vezes realizados na face, pescoço e mãos, os diversos tipos de peelings químicos podem reduzir o aparecimento de rugas faciais, cicatrizes, e pigmentação irregular, bem como tratar lesões pré-cancerígenas de pele.

Peelings profundos

Em geral, os peelings profundos produzem os resultados mais impressionantes de qualquer tipo de peeling químico. Os peelings profundos são normalmente realizados usando-se fenol, que é também conhecido como ácido carbólico. O fenol é o mais forte ácido usado para executar um peeling químico. Embora o fenol possa ser usado em sua forma pura, ele pode ser misturado com água, sabão, azeite ou óleo de cróton para aumentar a eficácia do tratamento. Apesar de o peeling profundo produzir os resultados mais impressionantes, geralmente os riscos associados são mais altos. Por exemplo, se não for utilizado com cuidado, o fenol pode ser tóxico ao corpo. Há também um risco elevado de cicatrizes, bem como sensibilidade ao sol. Os peelings profundos clareiam a pele; portanto, não são adequados para pessoas com cútis escuras. Como o mais poderoso peeling químico disponível, os peelings profundos são um método eficaz para o tratamento de linhas profundas e acentuadas, anomalias de pigmentação, cicatrizes profundas de acnes, extensos danos causados pelo sol, manchas de pele e lesões cutâneas pré-cancerígenas.

Visão geral da pele

A pele é composta por duas camadas conhecidas como epiderme e derme. A epiderme, ou camada exterior da pele, atua como a principal defesa da pele contra o meio ambiente. Consequentemente, essas camadas sofrem a maioria dos danos. A derme, ou camada mais profunda, é responsável pela estrutura e suporte da pele.

O que ocasiona o dano à pele?

A derme é composta, principalmente, pelo tecido conjuntivo, que é constituído, na maior parte, de colágeno e fibras de elastina. Essas fibras formam uma rede que proporciona estrutura, suporte e elasticidade à pele. Com o tempo, o processo de envelhecimento e dano causado pelo sol acarretam uma diminuição na quantidade de colágeno e fibras de elastina. À medida que essa rede de fibras se decompõe, a pele perde sua elasticidade e se torna mais flácida. Juntos, o envelhecimento, dano causado pelo sol e outros fatores contribuem para a formação de rugas e outras mudanças na aparência.

Como funcionam os peelings profundos?

Durante um peeling profundo, uma solução química é aplicada no rosto. A solução provoca trauma ou lesão nas camadas da pele. Os peelings profundos penetram na pele a partir da maior distância e, portanto, causam a maior lesão. Essa lesão pode se estender para a derme papilar e reticular, motivo pelo qual este tipo de peeling produz os resultados mais impressionantes. Semelhante à esfoliação da pele, as camadas de pele danificadas serão removidas. Como parte do processo de cicatrização, o aumento do crescimento celular e a produção e reorganização do colágeno na derme produzirão camadas de pele nova e mais saudável, que dão à face uma aparência mais viçosa, rejuvenescida.

Preparação para o procedimento

Os peelings profundos podem durar entre uma e duas horas. Antes do início do seu procedimento, as áreas do tratamento serão limpas, geralmente usando-se um produto de limpeza facial à base de álcool. Como o fenol está associado com uma sensação mais intensa de queimadura do que outros tipos de peelings químicos, um anestésico local com sedação ou anestesia geral será administrado.

Procedimento para o peeling profundo
Uma esponja ou uma escova será usada para aplicar a solução química em áreas individuais sobre todo o rosto. Ao contrário de outros tipos de peelings químicos, os peelings profundos danificam tanto a epiderme quanto a derme. A solução usada durante um peeling profundo pode penetrar até a derme reticular ou inferior, razão pela qual os efeitos do tratamento são tão significativos.

Efeitos de um procedimento de peeling profundo

Muito semelhante ao peeling médio, a aplicação de fenol ocasiona o que é conhecido como frosting cutâneo [aspecto esbranquiçado que indica desnaturação das proteínas da pele], no qual as áreas do tratamento se tornam brancas. O grau de frosting será usado para avaliar a profundidade do tratamento. Uma vez que o nível desejado de tratamento tenha sido alcançado, a solução química será removida ou neutralizada com uma substância diferente. As camadas de pele danificadas serão removidas com o tempo, enquanto o processo de cicatrização desencadeia o crescimento celular, que gera novas camadas de pele. Além disso, dentro da derme profunda, o processo de cicatrização também estimula a produção de colágeno e a reorganização, o que melhora a estrutura da pele. À medida que a cicatrização evolui, a nova pele é revelada, dando ao rosto uma aparência mais suave, revitalizada.

Recuperação de peeling profundo

Imediatamente após o procedimento, você pode continuar a sentir algum frosting, que durará cerca de uma hora. Vaselina ou curativos adesivos podem ser aplicados em seu rosto para proteger sua pele na medida em que ela cicatriza. Como o processo de recuperação é mais longo que outros tipos de peelings químicos, talvez seja necessário tirar cerca de uma semana de folga do trabalho para se recuperar. Provavelmente, você sentirá alguma dor e inchaço nos dias após seu procedimento, que podem ser atenuados com analgésicos. Você também sentirá alguma vermelhidão, exsudação e escaras em sua pele. A maioria desses sintomas dissipará em cerca de sete a dez dias, enquanto a vermelhidão desaparecerá lentamente em alguns meses. Sua pele enrijecerá e começará a descascar dias após o procedimento, e a nova pele, saudável, aparecerá em aproximadamente uma a duas semanas.

Resultados de peelings profundos

Como é de conhecimento, os efeitos de um peeling profundo são muito mais significativos em comparação com outros tipos de peelings químicos. Enquanto os resultados de um peeling superficial ou médio devem ser mantidos com repetidos tratamentos, os resultados de um peeling profundo são permanentes, muitas vezes duram décadas. É importante perceber que sua pele sempre parecerá pálida em comparação com a pele não tratada. Além disso, sua pele pode ser mais sensível à luz solar após o tratamento e sempre precisará de proteção com FPS 15 após o procedimento. Apesar dos elevados riscos, quando utilizados com cuidado, os peelings profundos são um método eficaz para melhorar radicalmente o tônus e a textura de sua pele, restituindo uma aparência mais jovem.

 

er1

 

selo

 

localização

canal4

fanpage

 

medico-consulta-com-br